Você sente saudades do falecido Vine, então já há motivos para começar substituí-lo no “coração” do seu smartphone. E o nome do seu “novo amor” atende pelo simpático nome de TikTok, um app de vídeos curtos que caiu nas graças do público, ultrapassando recentemente a marca de 6 milhões de usuários no mês de outubro, nos EUA, e alcançando o primeiro lugar na App Store dos Estados Unidos.

E parte de sua fama do TikTok é impulsionada pelas celebridades que estão se juntando ao aplicativo. O apresentador norte-americano Jimmy Fallon e o skatista Tony Hawk se juntaram recentemente ao app, que permite que as pessoas produzam seus próprios vídeos de curta duração (no máximo 15 segundos), usando uma variedade de ferramentas de edição e filtros para personalizá-los.

Parte do crescimento do app também vem do Musical.ly, que foi comprado pela empresa chinesa ByteDance em novembro de 2017 e rebatizado como TikTok em agosto deste ano. Isso aumentou o número de usuários que navegam e fazem o upload para o app de vídeos diariamente. As últimas semanas também registraram um aumento de criadores de conteúdo do YouTube falando sobre o aplicativo, várias empresas de notícias escrevendo sobre ele, além de campanhas maciças de marketing, com anúncios em plataformas como o Tinder e o Google.

Informações GIPHY