Telegram muda a forma de entrar no app após invasões de contas no Brasil

O Telegram modificou o processo de login em um novo dispositivo: a partir de agora, só é possível receber código via ligação se o usuário tiver a verificação em duas etapas ativada. A mudança havia sido confirmada na conta oficial do mensageiro no Twitter, na última sexta-feira (26), um dia depois da prisão de quatro pessoas acusadas de envolvimento no caso de invasão de celulares de autoridades, entre elas o do ministro Sérgio Moro.

Segundo a Polícia Federal, hackers teriam usado a técnica chamada spoofing para enganar operadoras, acessar a caixa postal das linhas atacadas e ouvir os números de autenticação fornecidos pelo app por meio de chamada telefônica. Com a mudança no procedimento, válida nas versões do aplicativo para Android e iPhone (iOS), só é possível obter o código dessa maneira mediante digitação de uma senha adicional.

Segundo o Telegram, a medida é suficiente para não se preocupar “se as operadoras de telefonia demorarem muito para consertar as vulnerabilidades no sistema de caixa postal delas”.

Ao entrar no mensageiro em um novo aparelho, o app passa a oferecer o envio de código por ligação apenas se o usuário digitar a senha da verificação em duas etapas na sequência. Se a conta não tiver a proteção configurada, é possível pedir a numeração somente via SMS ou por meio de outro dispositivo que já tenha acesso ao perfil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *