O aumento inesperado da passagem de ônibus coletivo de Teresina poderá ser definido nesta quinta-feira (27). A proposta sugerida pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) seria de R$ 4,02 para a passagem inteira e R$ 1,28 para a estudantil.

A discussão sobre a tarifa acontecerá na sede da Strans, no bairro Vermelha, e contará com o Conselho Municipal de Transportes e membros da Prefeitura de Teresina. O que for definido pelo grupo bem como a planilha com os dados técnicos que justificam o possível aumento serão encaminhados ao prefeito Firmino Filho.

” Essa planilha de custos será analisada pelos integrantes do Conselho Municipal de Transportes, que reúne representantes de usuários, estudantes, empresários, sindicatos de taxistas e mototaxistas, além de representantes da própria Prefeitura de Teresina. O Conselho não tem o poder de reajustar as tarifas. Ele vai somente referendar”, ressaltou o diretor de Transportes Públicos da Strans, Francisco Nogueira.

Estudantes terão Ato contra o aumento 

O Diretório Central de Estudantes da Universidade Federal do Piauí fará uma manifestação em frente ao prédio da Strans enquanto acontece a reunião no local.
“A manobra se dará no Conselho Municipal de Transportes para garantir os lucros dos empresários, assaltando o bolso dos trabalhadores e estudantes com um valor incompatível com a péssima qualidade do sistema InTHEgra. Não aceitaremos!”, diz trecho da publicação feita pelo DCE no Facebook.