O atacante Rafael Sóbis Autor de três gols na vitória do Ceará por 4 a 0 sobre o River, na terça-feira (3), pela Copa do Nordeste, dedicou parte de sua entrevista após a partida para criticar a estrutura do estádio municipal Lindolfo Monteiro, Centro de Teresina (PI), onde a partida foi disputada.  – É uma vergonha esse campo, toda a estrutura. O vestiário não tem nem torneira. Acho que a CBF poderia ver isso com bons olhos. Poderiam ver onde estão botando os atletas pra jogarem, justamente pra ter um melhor espetáculo.

As críticas de Rafael Sóbis foram reforçadas pelo técnico Enderson Moreira, que ampliou a discussão para os problemas de outros estádios e arenas, que às vezes apresentam boa estrutura, mas o campo de jogo é ruim.

– Nós estamos disputando uma Copa do Nordeste, que é uma competição extremamente atratente. Hoje nós jogamos como se fosse um campeonato estadual com uma equipe talvez do interior que não tivesse condições de ter um local melhor, e isso não acontece com o River, não acontece com as equipes daqui. Eu acho que tem à frente da competição tem que estar com cuidado. A gente quer espetáculo. Como é que nós vamos ter espetáculo com campos assim?

Questionado se havia condição de iniciar a partida com as poças de água que tomavam conta do gramado, Enderson Moreira afirmou:

O volante Matheus Lira, único jogador do River a conceder entrevista após a partida, afirmou que havia condições para a partida começar. Ele declarou que o campo “alagou um pouco no começo do jogo, mas quando parou de chover, a água abaixou e a gente pode colocar um pouco a bola no chão”.

Secretário reage e diz que vai investigar falta de torneira
Miguel Rosal, secretário de esportes da Prefeitura de Teresina, que administra o Lindolfo Monteiro, rebateu Rafael Sóbis. Por telefone, o gestor afirmou ao Cidadeverde.com que o estádio estava com tudo o que é exigido para jogos oficiais.

O secretário classificou a declaração sobre ausência de torneira no vestiário como uma “mentira”, e que irá “investigar da parte deles, porque tudo estava no seu lugar.”

O gestor ressaltou que houve chuva em Teresina e um treino chegou a ser suspenso para preservar o gramado. “Com uma chuva torrencial, o que nós não podemos é estender tapete vermelho para o Rafael Sóbis.”

Mudança de última hora
O Lindolfo Monteiro foi definido como local da partida apenas na última sexta-feira (28), quando o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) notificou a Federação de Futebol do Piauí (FFP) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) da liminar que interditou o estádio Albertão até a apresentação de novos laudos que garantam segurança para a realização de jogos.

Antes dessa mudança, a FFP afirmava seguir recomendação da CBF para realizar jogos com times da Série A somente no Albertão. Foi o argumento alegado para o Altos não ter o jogo com o Santos, pela Copa do Brasil de 2019, no estádio Felipe Raulino – de capacidade inferior a 5 mil lugares e hoje não usado pelo próprio clube por conta das chuvas que caem na região.