A gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior, como parte da política implementada para a melhoria do ensino na rede municipal de São Luís, tem mantido investimento permanente em formação de professores, coordenadores pedagógicos, gestores e técnicos da área da Educação. A formação docente continuada é um dos pilares do programa Educar Mais, desenvolvido pela Prefeitura de São Luís com o objetivo de promover melhorias na qualidade do ensino e ampliar o acesso à educação pública. A proposta é fazer com que as constantes formações oferecidas aos docentes impactem positivamente no processo de ensino-aprendizagem.

“A gestão municipal tem investido em várias frentes na área da Educação a fim de consolidar as melhorias e ampliar os avanços que têm transformado o ensino público na capital maranhense. Ao longo dos últimos anos, realizamos reformas em escolas, melhorando a infraestrutura das salas de aula, realizamos concurso e convocamos novos profissionais, investimos em educação inclusiva e oferecemos inúmeras formações, considerando que a qualificação e valorização dos profissionais refletem positivamente na sala de aula e na qualidade do ensino”, ressalta o prefeito Edivaldo.

Dando início ao cronograma de formações para este ano, a Prefeitura de São Luís já promoveu, em alusão à campanha Janeiro Branco, uma formação voltada para a promoção da saúde mental, da qual participaram técnicos e professores da rede municipal de ensino. A proposta da formação foi sensibilizar e orientar os educadores para situações que podem ocorrer no ambiente escolar, próprias do relacionamento entre pares, ou advindas de questões familiares, e que causam preocupação, estresse, depressão, e podem até mesmo levar à mutilação e ao suicídio.

Em 2019, dezenas de capacitações também foram oferecidas aos professores, coordenadores pedagógicos, técnicos e gestores. Entre as temáticas abordadas está o enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes, formação realizada com a intenção de instrumentalizar os profissionais de educação para melhor trabalhar a prevenção à violência sexual, por meio das artes, da cultura, do esporte, e de outras atividades pedagógicas.

Também foi realizada a formação em Contação de Histórias: Teoria e Prática, para professores da Educação Infantil. O curso teve o objetivo de promover a ampliação do conhecimento dos educadores sobre a contribuição da literatura infantil para a formação de leitores e a importância dos contos literários na vida dos pequenos estudantes, com interação e criatividade de forma inclusiva para estimular as práticas de incentivo à leitura. Atualmente, cerca de 200 professores da rede contam com a capacitação na área de literatura e contos.

Entre outras capacitações oferecidas aos professores, estão também as que tratam sobre uso do material didático em sala de aula. No ano passado, professores do 2° ano da rede municipal de ensino e coordenadores pedagógicos participaram da Formação de Professores para Ação e Articulação em Rede e de palestras sobre os métodos de alfabetização e a importância de compreender a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

O secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, destaca a importância do trabalho de formação continuada com os professores. “A gestão do prefeito Edivaldo tem a formação de professores, que é um dos pilares da política educacional a partir do programa Educar Mais, como uma ação prioritária no processo de ensino e aprendizagem, pois o professor que se atualiza, tem mais elementos para trabalhar os conteúdos pedagógicos em sala de aula”, afirma o secretário.

via agenciasaoluis