Em Barueri, Vozão sai na frente, cede empate em 1 a 1, tem jogador expulso e Fernando Prass pega pênalti no segundo tempo. Nas penalidades, estrela do experiente goleiro volta a brilhar para garantir vaga na 3ª fase.

O Ceará precisou respirar fundo na noite desta quarta-feira para se classificar à terceira fase da Copa do Brasil ao eliminar o Oeste nas penalidades, após empate em 1 a 1 no tempo normal. Mesmo jogando como visitante na Arena Barueri, saindo na frente do placar logo no início com Leandro Carvalho, e dominando boa parte do jogo, o Vozão viu sua situação na partida se complicar após duas grandes falhas de seu capitão, o zagueiro Luiz Otávio. Primeiro, ele perdeu bola dominada e permitiu o empate do Oeste.

Depois, já no segundo tempo, perdeu de novo uma bola fácil e o lance se transformou em pênalti para o Rubrão e expulsão de Klaus, seu parceiro de zaga. Mas aí surgiu o grande personagem da classificação, o experiente goleiro Fernando Prass, que pegou dois pênaltis: um no jogo, e outro na decisão nas penalidades máximas. O Oeste ainda chutou uma cobrança para fora e o Vozão festejou uma classificação prá lá de suada.