A 35ª Edição do Enduro do Jenipapo, que este ano ganhou a denominação de Desafio Enduro do Jenipapo, tanto por acrescentar disputas na modalidade mountain bike, quanto para celebrar a volta do mais tradicional enduro de regularidade do Piauí, devido a uma parada de dois anos devido à pandemia, foi uma prova de alto nível para a sua modalidade principal, as motos, mas também para os ciclistas. Neste domingo (20), com mais de 100 competidores inscritos, foram disputados 170 km de prova para as motos valendo pelas duas etapas de abertura do Campeonato Piauiense de Enduro de Regularidade, e 108 km para as bikes. As provas foram homologadas pela Federação de Motociclismo do Piauí (FMP) e Federação de Ciclismo do Piauí (FCP) .

Com realização da D Mais Entretenimento, organização da Prime Eventos e Co-produção da X-Brasil, o Desafio Enduro do Jenipapo contou com grande estrutura, além de total segurança para os competidores. Teve o apoio da Polícia Rodoviária Federal, que deu todo o suporte nas passagens de rodovias. A prova contou com ônbus para deslocamento dos ciclistas, ambulância com socorro médico, apoio de hidratação, carros e motos para abre e fecha-trilha, de direção de prova, além de 40 pessoas nas esquipes de direção, secretaria, resgate, cronometragem, assessoria de imprensa, imprensa e apoio.

O percurso do evento, como de costume, é escolhido com afinco, e como era de se esperar, trechos belíssimos, com riachos, campos alagados e uma paisagem verdinha em povoados, vilarejos e fazendas deram o tom do que mais os competidores de esportes off road gostam: os desafios e um pouco de dificuldade técnica para testar seus limites. No final, nenhum incidente e uma prova cem por cento tranquila, com chegada final no Restaurante Havaí Grill, à beira do lago de Campo Maior, que, diga-se de passagem, é a terra que dá nome ao desafio, pois foi lá onde aconteceu a Batalha do Jenipapo, pela independência do Piauí, em março de 1823.  Os primeiros colocados receberam troféus e medalhas.

“Depois dessa parada durante a pandemia, acredito que tínhamos mais um dever de fazer um evento brilhante, técnico e com muita estrutura para os 100 competidores. A realização e organização, com supervisão das federações, trouxeram uma proposta nova, com as bikes, uma prova com roteiro novo, bem mais dinâmica. O pontapé do Piauiense de Enduro foi recebido por todos de forma muito positiva. O percurso foi desafiador, porém seguro, o que dá mais confiança aos competidores”, disse o presidente da FMP, Zenardo Maia.

O Enduro do Jenipapo tem patrocínio: Governo do Estado do Piauí, por meio da SETUR-PI; apoio: The Auge Bike Shop; Strada Turismo; Águas de Teresina; Colchões Ônix; Teresina Shopping; Unimed Teresina; Audax, Azimute Fotos e V. Machado Pneus. Realização: D mais Entretenimento e Organização: Prime Eventos. Co-produção: X-Brasil. Supervisão: Federações de Motociclismo e de Ciclismo do Piauí (FMP / FCP) e Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM). Clubes oficiais: Teresina Trail Club (TTC) e Teresina Bikers Club – TBC.

RESULTADO DESAFIO ENDURO DO JENIPAPO
1ª e 2ª Etapas do Campeonato Piauiense de Enduro de Regularidade – Motos
Categoria Graduado

1º – Lenilson Viana
2º – Guilherme Portela
3º – Ryan Medeiros
4º – Luiz Lobão Filho
Categoria Intermediário
1º – Glauber Guilherme de Sousa
2º – Rummenigge Costa
3º – Mário Cabral
4º – Rieli Meneses
Categoria Novato
1º – Tiago Bezerra
2º – Rennan Xavier
3º – Deylon Basílio
4º – Chagas Matos
5º – Diogo Nogueira Nunes
Categoria Duplas
1º – Aislan Lira / Lívio Alves
2º – Francisco das Chagas Rdrigues / Iury Maniçoba
3º – Landerson Carvalho Silva / John Allysson

RESULTADO MOUNTAIN BIKE
Categoria Elite Feminino
1º – Lia Roberta
2º – Patrícia Soares
Categoria Elite Masculino
1º – Almir Mesquita
2º – Paulo Chaves da Silva Filho
3º – Kadu Aleixis
Categoria Sub-30 M
1º – Henrique Ferreira Soares
Categoria Master A-1 M
1º – Henrique Montiego
Categoria Master A-2 M
1º – John Kennedy Justino
2º – Gustavo Marinho
3º – Lucivaldo Sousa
Categoria Master B-1 M
1º – Vinicius Oliveira de Vasconcelos
2º – Fernando da Silva Reis
3º – Antônio Francisco Mesquita
Categoria Master B-2 M
1º – Lindomar Ferreira dos Santos
2º – Ernesto Silva
3º – Marcos Heleno Caldas Melo
Categoria Master B F
1º – Cristiany Silqueira Dantas
2º – Leila Silvia Nascimento
Categoria Master C-1 M
1º – Ivanildo Leal Guimarães
2º – Carlos Jorge Nascimento
Categoria Master C-2 M
1º – Edvaldo Santos Silva
2º – José Sady Júnior
3º – José Henrique Rocha
Categoria Master D M
1º – Antonio Francisco de Oliveira
2º – Luiz Pereira
3º – Francisco Oliveira Marin
Categoria Pesadão
1º – Márcio Esmero Vieira
Categoria Cicloturismo
1º – Lucas Cardoso
2º – Sabrina Cajado
3º – João Victor Araújo Silva
Categoria Dupla Masculina
1º – Gustavo Macedo / Amaury Chaves
2º – Allan Christina / Danilo Santana
3º – Wilcrison Pimentel / Joel Fonseca
Categoria Dupla Mista
1º – Lalesca Setúbal / Venâncio Sá Ferro
2º – Sisley Rocha / David Cimbra

 

Assessoria de comunicação