O número de eleitores piauienses que estão baixando o aplicativo e-Título, subiu 73,95%, levando-se em consideração os 44.933 downloads realizados até 25 de maio e os 78.160 registrados em 20 de setembro de 2018. Destes, 78.027 foram registrados com biometria e 133 sem recadastramento biométrico. O aplicativo pode ser utilizado por aparelhos que usam a plataforma Android e IOS e está disponível para download no Google Play e no App Store. Quem já fez a biometria poderá se identificar e votar nas Eleições Gerais deste ano apenas com a versão digital do seu título, os eleitores que ainda não fizeram o recadastramento biométrico podem utilizar o aplicativo, mas devem apresentar um documento oficial com foto no dia da eleição.

No e-Título, devem ser informados: o número do título eleitoral, nome, nome da mãe e do pai e a data de nascimento. Em seguida o documento digital será validado e liberado. Após o primeiro acesso o documento ficará gravado no celular podendo ser acessado pelo eleitor a qualquer tempo e sem a necessidade de novo preenchimento de dados.

Para o chefe da Seção de Orientação às Zonas Eleitorais do TRE-PI, Hugo Leonardo Leite, ter o e-Título no celular traz muitas vantagens para o eleitor. “Primeiro, porque ele pode utilizá-lo como documento de identificação no dia da votação. Além disso, o eleitor consegue a certidão de quitação eleitoral no próprio celular, e não precisa nem se deslocar até o cartório para fazer isso. E finalmente, qualquer informação que ele queira sobre o seu local de votação também pode ser consultada no e-Título”, incentiva. 

Baixar o e-Título: 

Iphone ou Ipad (IOS) clique aqui.

Smartphone ou Tablets (Android) clique aqui.

informações:  Ascom