O ex-presidente Lula (PT) esteve em Teresina no ato “Juntos pelo Brasil e pelo Piauí” na noite desta quarta-feira (03), na Arena do Povo, zona Leste de Teresina. Lula foi ovacionado ao subir ao palco ao lado de Rafael Fonteles, Wellington Dias e a governadora Regina Sousa. Segundo informações, o ato teve um público de 50 mil pessoas.  Lula cumprimentou todos os companheiros que fazem parte do ato iniciou seu discurso. “Pelo fato de estar com 76 anos idade está ficando mais emocionado do que já tinha ficado em qualquer época de sua vida. Hoje estou particularmente emocionado por estar no Piauí”, disse.

Fotos: Jaison Soares

Lula lembrou do momento que veio ao Piauí e visitou 12 cidades em um ônibus velho. “Encontrei o Nazareno, pai do Rafael, deputado federal, um companheiro bom de briga e depois encontrei a companheira Regina”, disse, enfatizando que somente o Partido dos Trabalhadores foi capaz de um trabalhador de fábrica ser presidente e uma quebradeira de coco ser governadora.

“Regina é governadora do Estado. Isso é anormal. Esse índio foi o cara mais esperto que conheci no Brasil. Um menino do Sindicato dos Bancários virou governador que mais comandou o Piauí. Conheço muita gente no Brasil e muitos governadores, mas têm poucos da qualidade do Wellington Dias”, disse.

Disse ainda que sua vinda não é pedir voto, mas para dizer ao povo do Piauí. “Aqui eu tenho candidato a governador, que é Rafael Fonteles, companheiro, secretário de Fazenda e, se Deus quiser, futuro governador. Se ele tiver herdado o caráter do pai e aprendido a governar com Wellington Dias, o Piauí terá um grande governador”, disse, enfatizando que o povo do Piauí deu uma demonstração de grandeza.