O Hemopi, Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí faz campanhas preventivas para possíveis demandas  durante o Carnaval. Jurandir Martins Filho, diretor geral do órgão, reforça que, atualmente, não há baixa no estoque, mas alerta que, devido ao período carnavalesco, a situação pode mudar repentinamente, em casos de urgências com muitas vítimas, uma vez que as as doações de sangue no Estado são sempre no limite.

O Hemopi recebe cerca de 4 mil bolsas mensais considerando as quatro unidades: Teresina, Parnaíba, Picos e Floriano. Além das campanhas permanentes, o Centro faz campanhas externas em parceria com universidades, por exemplo, bem como aumenta a atuação no interior do Estado.

Funcionamento

Teresina: segunda a sabado, de 7h15 às 18h, sem fechar para o almoço e em Parnaíba, Picos e Floriano: segunda à sexta, das 8h às 17h

QUEM PODE DOAR?

Ter entre 16 (Termo de Consentimento assinado pelo responsável legal, com xerox da identidade) e 69 anos;

Pesar a partir de 50 kg;

Estar saudável e alimentado;

Apresentar documento oficial com foto.

QUEM NÃO PODE DOAR

Quem teve hepatite após os 11 anos de idade;

Mulheres grávidas ou em amamentação exclusiva;

Quem passou por cirurgia cardíaca;

Quem teve câncer;

Quem teve relações sexuais com múltiplos parceiros nos últimos 12 meses;

Usuários de drogas;

Pessoas com HIV, hepatite, sífilis e doença de Chagas.

ANTES DE DOAR

Dormir bem a noite anterior à doação;

Não ingerir bebida alcoólica nas últimas 12 horas antes da doação;

Alimentar-se bem, evitando alimento gorduroso;

Aguardar 2 horas após o almoço, para doar;

Não fumar 2 horas antes e 2 depois da doação;

Procurar ficar tranquilo e relaxar.