Grêmio bate o Guaraní fora e põe pé nas quartas da Libertadores

Grêmio bate o Guaraní fora e põe pé nas quartas da Libertadores

O Grêmio largou na frente do Guaraní, na disputa das oitavas de final da Libertadores, em uma partida superior ao rival. Com gols de Jean Pyere e Pepê, o Tricolor fez 2 a 0 no Defensores del Chaco, nesta quinta-feira, e pode até perder por 1 a 0 dentro da Arena, na próxima semana, que estará nas quartas. Os dois gols saíram em lançamentos longos da defesa para a velocidade de Pepê. No banco de reservas, o recordista Renato Portaluppi usou a camisa da Argentina em homenagem a Maradona.

A morte de Maradona gerou comoção mundial e inclusive adiou jogo nas oitavas da Libertadores. Além do minuto de silêncion nesta noite, o técnico Renato Portaluppi usou uma camiseta da seleção da Argentina com o nome de Maradona às costas. Ambos tinham uma relação de amizade. A noite já seria especial para Renato, que igualou Oswaldo Rolla, o Foguinho, como técnico com mais jogos no comando do Grêmio: 383.

 

O jovem tem sido o diferencial do Grêmio. Sua velocidade é o escape do time quando a coisa está apertada. No lance do primeiro gol, por exemplo, acreditou no lançamento de David Braz, pressionou Tripichio e ganhou o lance para Jean Pyerre arrematar da entrada da área. Depois, ainda deixaria o seu após chutão de Vanderlei, disputa pelo alto de Churín e finalização na medida. A vitória passa por Pepê e sua verticalidade — o jovem ainda perderia a chance de fazer o terceiro do Grêmio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Piauímidia 2020 - Todos direitos reservados. Conteúdo digital piauiense