Facebook confirmou que Spotify Netflix tiveram acesso a mensagens privadas de alguns usuários da rede social. Segundo declaração da empresa desta terça-feira (18), os serviços puderam, durante anos, visualizar as conversas de pessoas que ativaram funções para recomendar músicas ou filmes para sua rede de contatos. No entanto, não foi esclarecido ainda se o histórico de mensagens continua disponível para as empresas parceiras.

A declaração do Facebook foi divulgada na esteira de uma publicação do jornal The New York Times que acusa a rede social de entregar dados sigilosos de usuários para grandes empresas de tecnologia. Além dos serviços de streaming de música e vídeo, companhias como AmazonAppleMicrosoft Yahoo teriam tido acesso privilegiado a informações privadas sem o consentimento dos usuários. Todas as empresas envolvidas no caso negam mau uso dos dados.