O ministro relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin determinou que um dos inquéritos que envolve o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, seja encaminhado à Polícia Federal para que em 60 dias haja novas diligências.

Após o ministro abrir vistas à Procuradoria-Geral da República (PGR) esta pediu a prorrogação de prazo. No que o relator encaminhou o caso para a Polícia Federal.

“Remetam-se os autos à Polícia Federal, a quem ordeno que, no lapso de 60 (sessenta) dias, conclua as investigações, executando essas medidas e outras que se afigurem relevantes ao desenlace da hipótese criminal. Brasília, 6 de novembro de 2019.”