Foi somente a primeira edição, mas, certamente, o Desafio das Cachoeiras, que aconteceu neste domingo (05), já está marcado na vida do povo de Batalha, município a 163 km ao norte de Teresina, como uma super competição de mountain bike cross country. A competição oficial da Federação de Ciclismo do Piauí, pois valeu como a 3ª etapa do Campeonato Piauiense de Mountain Bike Cross Country XC, foi realizada no modelo XCP, conforme as regras da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), o modelo escolhido é de provas com percurso inferior a 60 km. Em Batalha o percurso foi de quase 58 km e com muito, muito terreno encharcado e com lama e algumas passagens variando entre pedras e piçarra.

Logo depois da largada, que aconteceu na entrada do Parque Ecológico Cachoeira do Urubu, a 15 km do centro de Batalha, os mais de 250 ciclistas fizeram um deslocamento curto no asfalto até o início do trecho cronometrado do percurso, que já começou com single-track, passagem por riachos e logo antes da passagem pela Cachoeira dos Almeidas, a segunda avistada no percurso, um trecho de pouco mais de mil metros foi um dos mais desafiadores, principalmente para as categorias amadoras, ou seja, atletas que não disputam o campeonato piauiense de MTB e nem são federados. O trecho em questão era de muita lama e água, devido às fortes chuvas que caem há pelo menos três dias em Batalha.
A prova não tinha muita altimetria, mas várias passagens por riachos, alguns cheios devido às chuvas e alguns trechos com muitas pedras e piso de piçarra, que gera mais desgaste físico até para os atletas que disputam as categorias oficiais, como os másteres masculino e feminino, elite, infanto-juvenil, juvenil e sub-30. Houve seis desistências, a maioria por quebra de equipamento.
Com uma prova técnica e de muitas paisagens bonitas, com trechos passando por povoados, cenários que lembram savanas e muito capim, além de florestas de carnaubais e de babaçu, os atletas enfrentaram subida de ponte de madeira e no final, muitos elogios pela escolha do percurso. “Prova muito top, adorei, corri na categoria open, mas infelizmente tive que abandonar porque a roda bateu em uma pedra e furou a calha do pneu”, disse Samuel Santos, que mora em Capitão de Campos e esta disputando pela equipe Piripiri Team, que levou mais de 20 ciclistas para a prova.

Equipe APC, que significa Associação Piauiense de Ciclismo e Cicloturismo, e conta com muitos atletas de Teresina, entre federados e amadores, é formada há pelo menos uma década e levou pelo menos 10 atletas, entre eles o campeão da categoria Peso Pesado, o vereador de Teresina Venâncio Cardoso. O município de Barras, que fica próximo a Batalha, levou 12 ciclistas para o Desafio das Cachoeiras e no final elogiaram o percurso e a organização da prova.  A Equipe Mapinguari Pedal esteve representada por sete barrenses, que elogiaram o percurso escolhido pela Federação de Ciclismo.

Com realização da Fundação Quixote, o evento teve muita cultura, com show de humor, musical, que agitou Batalha desde sexta-feira. A premiação do Desafio das Cachoeiras contou com show de forró e pé de serra às margens da Cachoeira do Urubu. O prefeito de Batalha, José Luís Machado, disse que pode inserir o evento no calendário anual do município. Os três melhores colocados de cada categoria, que premiou com troféu os cinco primeiros, receberam premiação em dinheiro, no total de R$ 15 mil. O Desafio das Cachoeiras tem realização da Fundação Quixote, supervisão da Federação de Ciclismo do Piauí – FCP e Confederação Brasileira de Ciclismo – CBC. Coprodução: X-Brasil. O evento tem patrocínio do Governo do Estado do Piauí, por meio da Coordenadoria de Comunicação – CCOM e Prefeitura Municipal de Batalha. Apoio: Vereador Venâncio.

RESULTADO DO DESAFIO DAS CACHOEIRAS – 3ª ETAPA DO CAMPEONATO PIAUIENSE DE MOUNTAIN BIKE CROSS COUNTRY XC
ELITE FEMININO
1º – Sabina Passos Viana
2º – Ana Lúcia Bezerra Soares
3º – Sabrina Paulo Cruz
4º – Lia Roberta
5º – Valéria Gomes Lima
ELITE MASCULINO
1º – Eric João Pereira
2º – Ramonn Amorin
3º – Francisco Édio Neves Silva
4º – Emanuel de Jesus Rabelo
5º -Luís Macedo Júnior
JÚNIOR MASCULINO
1º – José Santos da Silva
2º – Júlio Loes Filho
3º – Gabriel Carvalho
4º – Alexandre Terceiro
JUVENIL MASCULINO
1º – Flávio Santos
2º – Francisco Quaresma
3º – Carlos Keylan de Oliveira
4º – Silvestre Castelo Branco Bisneto
5º – Pietro Medeiros
SUB-30 MASCULINO
1º – Nícolas Andrade
2º – Alexandre Alves
3º – Lucas de Sousa Silva
4º – Lucas barbosa
5º – Laeste Gomes
MÁSTER A FEMININO
1º – Maria de Jesus Carvalho
2º – Valéria Alves da Silva
3º – Tiana Viana
MÁSTER A-1 MASCULINO
1º – Manoel de Sousa Santos
2º – Marcos Paz
3º – Ivan Sousa Nascimento
4º – Robério Amorim
5º – Antonio da Silva Andrade

MÁSTER A-2 MASCULINO
1º – Moisés Pereira da Mata
2º – Gustavo Marinho
3º – Iuri Anderson
4º – João Batista Magalhães
5º – Francisco Emerson Filho
MÁSTER B  FEMININO
1º – Cláudia Gomes
2º – Leila Maria de Matos
3º – Lucileni Holanda
4º – Nídia Cardoso Caetano
MÁSTER B-1 MASCULINO
1º – Bruno Lopes Silva
2º -Joceano Lustosa Alves
3º – Wandergleison Sousa
4º – Araken Alencar
5º – Flávio Carvalho
MÁSTER B-2 MASCULINO
1º – Lindomar Ferreira dos Santos
2º – Hélio Sousa Benvindo
3º – Francisco das Chagas Monteiro
4º – Antônio Valdir
5º – Marco Antônio
MÁSTER C FEMININO
1º – Leila Silvia Nascimento
2º – Elke Damasceno
MÁSTER C-1 MASCULINO
1º – Reinaldo Soares de Oliveira
2º – Antonio Erisvaldo Medeiros
3º – Genildo Gomes de Castro
4º – Richard Feitoza
5º – João dos Santos Amorim
MÁSTER C-2 MASCULINO
1º – José Ribamar da Silva
2º – Edvaldo Santos Silva
3º – João Alves de Sousa
4º – José Francisco Sady Jr.
5º – José Henrique Rocha
MÁSTER D MASCULINO
1º – Francisco das Chagas Brito
2º – Francisco Oliveira Marin
3º – José Alexandre Teles
OPEN FEMININO (AMADORA)
1º – Irislane Lima
2º – Maria do Socorro Silva Mata
3º – Apoliana Costa
4º – Itana Semeão
OPEN MASCULINO
1º – Amailson Paulo
2º – Maurício Fontinele
3º – Francyell Mello
4º – Carlos Eduardo de  Carvalho
5º – João Vítor
PESADÃO MASCULINO (AMADORA)
1º – Venâncio Cardoso
2º – Ismael Carlos Alves
3º – Davi Silva
4º – Marcelo Carrias
5º – Claudemir Sousa

CATEGORIA DUPLA FEMININA (AMADORA)
1º – Maria da Conceição Barroso Silva
2º – Davila Rayane
3º -Elizonete Silva
4º – Antonia Josélia Reis
5º – Vanessa Silva
CATEGORIA DUPLA MASCULINA (AMADORA)
1º – Michael Keyson Oliveira
2º – Domingos da Silva Sousa
3º – Ailton Pereira
4º – José Alves Pereira Júnior
5º – Ivanildo de Medeiros Macedo