O presidente Jair Bolsonaro terá, nesta quarta-feira (14), estará em parnaiba. Ele será recebido por Wellington Dias (PT) em Parnaíba, no litoral do Piauí, onde participa da programação de aniversário de 175 anos da cidade.

Após mais uma polêmica sobre chamar o povo nordestino de ‘paraíba’, a fala do presidente sobre o Nordeste foi gravada durante conversa informal com o ministro Onyx Lorenzoni no dia 19 de julho. Na ocasião, Bolsonaro afirmou que “daqueles governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão”. Governadores reagiram cobrando explicações do presidente e afirmaram ter recebido “com espanto e profunda indignação a declaração”.

No dia seguinte, Bolsonaro afirmou que fez foi uma “crítica” aos governadores do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e da Paraíba, João Azevêdo (PSB), “nada mais além disso”.

Idas ao Nordeste
A viagem do presidente nesta quarta é a primeira ao Piauí e a terceira ao Nordeste desde que ele tomou posse.

Depois do episódio polêmico, Bolsonaro fez duas viagens à Bahia, mas não se encontrou com o governador Rui Costa (PT) em nenhuma delas.

A primeira foi à cidade de Vitória da Conquista, no dia 23 de julho, onde declarou “amar o Nordeste”. Bolsonaro e Costa trocaram acusações sobre a segurança do evento. O presidente afirmou que o governador não autorizou a presença da Polícia Militar para fazer a segurança em cerimônia. Em resposta, Costa disse que, como o evento é exclusivamente federal, as forças federais devem fazer a segurança.