Teresina agora conta desde segunda-feira (06) em Teresina, um aplicativo responsável pelo transporte de passageiros em motocicletas, administrado pela empresa Picap, que inicia o cadastramento de motociclistas interessados no serviço.

A empresa informou, no primeiro momento, os motociclistas ficarão com 100% do valor da partida. A empresa anunciou recentemente que pretende investir, em 2020, US$ 5 milhões e a meta é dobrar sua posição no Brasil.

Ela pretende fazer parte da mobilidade urbana de Teresina, permitindo que o usuário por meio do aplicativo chame um motociclista e assim economize tempo para chegar no destino solicitado.

Atualmente, no Brasil, a empresa conta com 150 mil usuários, além de oito mil motociclistas cadastrados na plataforma.

EMPRESA

A Picap nasceu na Colômbia, em 2016, e já possui uma média mensal de um milhão de viagens realizadas, a partir de uma base de 20 mil motociclistas ativos e 200 mil usuários. Além do Brasil e Colômbia, a Picap mantém operações no México, Argentina, Peru, Chile e Guatemala. A expectativa da empresa é dobrar sua atuação na América Latina.

A empresa já atua desde o ano passado, em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador e Fortaleza.

Com informações da Ascom