Boa parte da Avenida Juarez Távora, no bairro Parque Piauí, onde se abriu uma cratera devido o rompimento de uma adutora, está interditada. A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans) pede que os motoristas façam rotas alternativas.  80% dos bairros tiveram o abastecimento de água interrompido desde a manhã de domingo (02) por causa da ruptura da adutora. A Águas de Teresina informa que as equipes estão no local e os serviços devem ser finalizados na noite de hoje (02), com o retorno da distribuição de água de forma gradativa na madrugada de segunda (03).

Denis Lima, gerente de operações e fiscalização da Strans, ressaltou ao Cidadeverde.com que o trânsito próximo a cratera é pouco neste domingo e as áreas de acesso estão bloqueadas. Ele ressalta que os motoristas precisam fazer o desvio a direta para ambos os sentidos da avenida.

“Na segunda cedo ainda teremos interdição, pois o buraco ainda estará aberto. Iremos cedo ao local para controle de tráfego, pois teremos maior movimento no trânsito”, disse.

A Águas de Teresina explicou “que trabalha na manutenção emergencial de adutora de 900mm, que interliga a Estação de Tratamento de Água Sul (ETA Sul) ao centro de reservação do Parque Piauí”.

Por causa desse problema, após uma adutora se romper, parte dos bairros de Teresina está sem água. Casas ao redor da cratera serão vistoriadas para que sejam avaliados os riscos provados pelo buraco.

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano – Sul informou que acompanha  os trabalhos da empresa Água de Teresina, responsável por gerir o abastecimento de água na capital piauiense. A cratera surgiu com o rompimento de uma adutora na Avenida Juarez Távora, no bairro Parque Piauí.  Equipes da Águas de Teresina trabalham no local para solucionar o problema.